AGENDA APP em foco Clipping Notícias GEO OPINIÃO Cruzeiros Desporto LAZER Ambiente
Fotos Pescas Blogs Facebook Twitter Slideshare YouTube ARTE Áudio DOSSIERS
  • PORTAL APP | 26 Dossiers disponíveis | COM MAIS DE 1000 NOTÍCIAS
  • PORTAL APP - 5.216 notícias publicadas até 24.10.2012 e integralmente disponíveis
  • APP no TWITTER: http://twitter.com/portosportugal
  • APP no FACEBOOK: http://www.facebook.com/portosdeportugal
  • APP no YOUTUBE: http://www.youtube.com/portosdeportugal
Utilidades APLOP Newsletters MediaMar EDUCARE Biblos Museus História Prémios Associativismo
CONTACTOS SOBRE A APP CIÊNCIA FUTURO Energia Remoção Lista POL. PRIVACIDADE VÍDEOSREGISTAR-SELOGIN

Viana do Castelo recebe centro europeu de teste de robôs marítimos

O primeiro centro europeu de teste de robôs marítimos em ambiente real vai ser criado na costa de Viana do Castelo. O Atlantis Test Center visa validar as soluções robóticas nas «condições climatéricas mais extremas do Oceano Atlântico», em especial nos trabalhos de inspecção e manutenção das infraestruturas eólicas offshore.

Laboratório de Ciências do Mar vai nascer em Sines

A Universidade de Évora (UÉ) e a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) assinaram quarta-feira, 15, em Sines, o acordo que permitirá o avanço do novo espaço do Laboratório de Ciências do Mar da UÉ (CIEMAR). Para tal, as duas entidades irão estabelecer um contrato de concessão de uso privativo de uma parcela de terreno do domínio público, localizada a norte do cabo de Sines, onde serão construídas as novas instalações do CIEMAR.

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

Nanomateriais à base de algas limpam águas contaminadas

Os biopolímeros extraídos de fontes naturais, como é o caso das algas abundantes no litoral nacional, podem ser enormes aliados na remoção de poluentes da água. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que nanomateriais preparados a partir destes biopolímeros têm a capacidade de remover da água antibióticos e outros fármacos, herbicidas e ainda corantes orgânicos utilizados pela indústria, poluentes estes que são difíceis de eliminar pelas estações de tratamento de águas residuais.

AVEIRO

ECOMARE é um forte candidato aos Prémios Regiostars 2019

Académicos de alto nível vão avaliar as 24 candidaturas finalistas aos Prémios Regiostars 2019, atribuídos anualmente pela Comissão Europeia, e premiar os vencedores, mas o público também pode escolher um vencedor.

Um dos cinco finalistas na categoria 2 – ligando o azul, verde e cinza, o ECOMARE – Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro une o Porto de Aveiro (cinzento) a uma zona especial de conservação – a icónica Ria de Aveiro (verde) – promovendo a proteção e a utilização sustentável dos recursos biológicos marinhos (azul), refere o site UA_online.

ECOMARE, LABORATÓRIO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

Uma «biblioteca» de invertebrados marinhos para estudar o que (ainda) não vem nos livros

O Ecomare, laboratório da Universidade de Aveiro inaugurado em 2017, guarda uma colecção única em Portugal de corais, algas, anémonas e lesmas-do-mar mantida por investigadores interessados “numa aquacultura menos convencional”.

Alto mar: zona crucial para a sobrevivência das comunidades costeiras

O alto mar é crucial. Um estudo recente do Centro Nacional de Oceanografia do Reino Unido, tendo-se concentrado em áreas-chave do Oceano Índico, da Baía de Bengala e do Pacífico, concluiu que estas deveriam ser designadas Áreas Marinhas Protegidas (AMP) para salvaguardar a vida das comunidades costeiras, agora mais vulneráveis.

São afectadas, principalmente, as comunidades dos Países Menos Desenvolvidos, altamente dependentes das tais “áreas-chave” de alto mar. Segundo os investigadores, que estudaram a conectividade ecológica entre as áreas que estão para além da jurisdição nacional e as águas costeiras, apesar de grande parte serem águas internacionais sem governo, precisam de cuidado pois são relevantes para a subsistência das comunidades.

Navio de investigação «Mar Portugal»

O Navio inicialmente construído como navio de defesa e salvamento submarino foi convertido em 2013, pela Hays Ships, como navio de investigação e “survey” para águas profundas seguindo os padrões mais exigentes da indústria, apresentando um certificado de classe emitido pela Loyds.
Na configuração actual está capacitado para a realização de operações geotecnia marinha, oceanografia, operação com ROV’s (“remotely operated vehicles”) e levantamentos geofísicos. Também permite operações de pesca de arrasto, construção de um laboratório seco e um túnel de congelação.
 

Navio de investigação «Noruega»

Navio de investigação com capacidade para investigação costeira e oceânica foi construído em Bergen, na Noruega, nos estaleiros Mjellem & Karlsen. No dia 1 de setembro de 1978 foi oferecido pela Noruega a Portugal.

Da configuração básica do navio fazem parte laboratórios de Hidrografia, Biologia, Química, Amostragem e Acústica. Este navio dedica-se à realização de campanhas de bio-oceanografia e pescas, que estudam oceanografia e plâncton, sedimentos e fauna bentónica, realizando ainda rastreio acústico, arrasto pelo fundo e arrasto pelágico. É um elemento fundamental das campanhas de monitorização previstas no Plano Nacional de Amostragem Biológica.

ECOMARE é finalista dos Prémios Regiostars 2019

Ao tornar-se um dos 24 finalistas do concurso, o ECOMARE está cada vez mais próximo de ganhar os Prémios Regiostars 2019, atribuídos anualmente pela Comissão Europeia a projetos financiados pela UE que demonstram excelência e novas abordagens no âmbito do desenvolvimento regional, com o objectivo de inspirar outras regiões e gestores de projetos em toda a Europa.

Investigadores descobrem plástico incrustado nas rochas

Será um novo tipo de poluição marinha? Tons de azul e cinzento nas rochas chamaram à atenção dos investigadores do MARE, Centro de Ciências do Ambiente e do Mar, do polo da Madeira. A equipa, liderada por Ignacio Gestoso, descobriu, primeira vez, numa zona do intertidal rochoso na costa sul da ilha da Madeira, lixo marinho incrustado nas rochas. E concluíram que a ocorrência destas crostas de plástico (que os autores denominam de “Plasticrusts”) aumentou bastante desde 2016, ano em que a equipa detectou o fenómeno.

 vídeo

APP lança vídeo “Journey to the center of the world”

 Poesia pelo Porto de Leixões

 

 APP pelo Facebook

 Consulte os dossiers do Portal APP

 NRP Sagres Volta ao Mundo 2010

 Se calha a sorte para a Armada…

 A Ver Navios

 Inauguração do novo Cais de Cruzeiros do Porto de Leixões

 Paquete Infante D. Henrique

 Arte xávega ou companhas das artes – Praia de Mira

 Nautilus Minerals - ROV Drill MINING

 Pesca artesanal valorizada em Sesimbra (1)

 Nova marina no Porto de Lisboa

 Funchal 500 Tall Ships Regatta – La Bamba

 Filatelia - Farol do Cabo Espichel

 Porto de Aveiro visto do céu

 APP no slide.com

 APP no SLIDESHARE

 APP no FACEBOOK

 Porto do Funchal

Porto do Funchal
Associação dos Portos de Portugal © 2010 - Design & Programação by Idea Factory