YouTube

CINEMATECA PORTUGUESA

O MEU ALGARVE - Documentário de 1956

Uma verdadeira viagem no tempo, a um Algarve já desaparecido, que timidamente despertava para o turismo.

De Castro Marim a Sagres, o autor percorre a região, destacando aspetos urbanos e paisagísticos, como as amendoeiras floridas, na várzea da Orada, ou, nos arredores de Olhão, as praias, mas também os vestígios arqueológicos, a preparação do figo, a feira da Guia ou o Carnaval de Loulé.

Os meios de transporte também não foram olvidados: o comboio a vapor, os burros, as carroças, são bem patentes no documentário. O mesmo se passa com os aspetos agrícolas ou domésticos, como lavar a roupa na ribeira.

PARA VER AQUI

fonte do texto