Cruzeiros

Governo prorroga até 17 de maio proibição de desembarque de passageiros de cruzeiros

O Governo decidiu prorrogar até às 24:00 do dia 17 de maio a interdição do desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações de cruzeiros nos portos nacionais, segundo um despacho publicado em Diário da República.

Segundo o diploma, que entra em vigor às 00:00 de sábado, 2 de Maio, esta interdição "não se aplica aos cidadãos nacionais ou aos titulares de autorização de residência em Portugal", sendo também possível o desembarque "em casos excecionais ou urgentes, mediante autorização da autoridade de saúde, nomeadamente por razões humanitárias, de saúde ou para repatriamento imediato, sem entrada em território nacional".

Os navios de cruzeiro ficam autorizados a atracar nos portos nacionais "para abastecimento, manutenção e espera de reparação naval", lê-se ainda no documento.

LUSA