udio

O Mar Que H No Tejo

Na cantiga de uma mulher misturam-se as águas do mar e deste rio. Da margem, segue os movimentos de um barco. É preciso chegar perto para escutar os remos a bater na água, fazendo saltar os peixes para as redes.
Por aqui passa a memória dos avieiros, pescadores de Vieira de Leiria que, ainda no século XIX, procuraram o sustento no Tejo (e também no Sado). É esta memória que várias instituições, lideradas pelo Instituto Politécnico de Santarém, candidataram a Património Nacional. As casas palafíticas, as bateiras e outras embarcações, as várias artes de pesca mas também as histórias que ainda se contam, os gestos, alguns sabores.
“O Mar Que Há No Tejo” é uma grande reportagem de Rita Costa com sonoplastia de Herlander Rui.

PARA OUVIR AQUI
 

PROGRAMA DE 29.07.2009