AGENDA APP em foco Clipping Notícias GEO OPINIÃO Cruzeiros Desporto LAZER Ambiente
Fotos Pescas Blogs Facebook Twitter Slideshare YouTube ARTE Áudio DOSSIERS
  • PORTAL APP | 26 Dossiers disponíveis | COM MAIS DE 1000 NOTÍCIAS
  • PORTAL APP - 5.216 notícias publicadas até 24.10.2012 e integralmente disponíveis
  • APP no TWITTER: http://twitter.com/portosportugal
  • APP no FACEBOOK: http://www.facebook.com/portosdeportugal
  • APP no YOUTUBE: http://www.youtube.com/portosdeportugal
Utilidades APLOP Newsletters MediaMar EDUCARE Biblos Museus História Prémios Associativismo
CONTACTOS SOBRE A APP CIÊNCIA Energia Remoção Lista POL. PRIVACIDADE VÍDEOSREGISTAR-SELOGIN

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

A MODA DE IR À PRAIA - Em 1803 o Bispo de Coimbra já tinha por hábito ir a banhos à Ericeira

Crónica de 1803 mostra que D. Francisco Pereira Coutinho, Bispo de Coimbra, já tinha por hábito «ir a banhos à Ericeira» - e sete anos depois um médico aconselhou D. João VI a tratar de perna infectada por um carrapato numa praia deserta do Rio de Janeiro. A custo aceitou, que tinha medo dos... caranguejos. Colocou então uma condição: entrar na água dentro de um... barril. E foi isso mesmo que aconteceu. Fugira para o Brasil na sequência da invasão francesa de Junot – e governava de lá Portugal devido à doença mental da mãe, D. Maria I.

Essa ideia de que a água salgada era terapêutica lançara-a um frade médico inglês: John Floyer, que acreditava que o Canal da Mancha tinha poderes milagrosos até para paralíticos, «com as suas correntes tão tempestuosas e as suas imponentes marejadas».

Certo é que foi assim que se começou a desfazer, subtil, a «aversão à água». Em 1810, Lord Byron, o poeta inglês que se encantou por Sintra, atravessou o estreito de Dardanelos nadando 1960 metros em pouco mais de uma hora — e a sua proeza, por alguns cronistas de então considerada «fabulosa», pôs outra vez o Mundo inteiro a falar de natação, fascinado por ela. Vinte sete anos depois, a Sociedade de Natação de Inglaterra já organizava provas oficiais, em seis piscinas artificiais espalhadas pelo país.

No Verão de 1812, a escritora Hortense de Beauharnais escandalizou a sociedade farncesa ao aparecer na praia de Dieppe com um conjunto de tricô composto por calças largas apertadas no tornozelo e uma túnica com mangas, que ela própria desenhou. Era filha de Josefina que depois de perder o primeiro marido na guilhotina, se casou com um general chamado... Napoleão de Bonaparte. Assim se tornou imperatriz – e a filha, Hortense, rainha da Holanda, por casamento com Luís de Bonaparte, irmão de Napoleão. Augusto de Beauharnais, sobrinho de Hortência, casou-se com D. Maria II em 1835, foi nomeado marechal do exército e Par do Reino – e dois meses após o matrimónio com a rainha de Portugal morreu no Palácio das Necessidades, fulminado por uma angina...

NA FOTO: TRAJES DE BANHO DO SÉCULO XIX














Data: 2017-08-05
Autor:

 vídeo

APP lança vídeo “Journey to the center of the world”

 Poesia pelo Porto de Leixões

 

 APP pelo Facebook

 Consulte os dossiers do Portal APP

 NRP Sagres Volta ao Mundo 2010

 Se calha a sorte para a Armada…

 A Ver Navios

 Inauguração do novo Cais de Cruzeiros do Porto de Leixões

 Paquete Infante D. Henrique

 Arte xávega ou companhas das artes – Praia de Mira

 Nautilus Minerals - ROV Drill MINING

 Pesca artesanal valorizada em Sesimbra (1)

 Nova marina no Porto de Lisboa

 Funchal 500 Tall Ships Regatta – La Bamba

 Filatelia - Farol do Cabo Espichel

 Porto de Aveiro visto do céu

 APP no slide.com

 APP no SLIDESHARE

 APP no FACEBOOK

 Porto de Setúbal - Docas

Porto de Setúbal - Docas
Associação dos Portos de Portugal © 2010 - Design & Programação by Idea Factory